Bufê de casamento: o que servir de entrada?

Mesa de Antepastos

Independente do estilo e do formato do seu casamento, a escolha do tipo de serviço do bufê oferecido é sempre um ponto de atenção. Dentro das as possibilidades existentes, a dúvida do que servir de entrada para os convidados, é sempre uma questão importante entre as noivas e noivos de plantão.

Se você ainda não sabe ao certo o que deve servir de entrada no seu casamento, confira as dicas que separamos para ajudar a não errar nessa decisão!

Por que servir entrada?

As entradas, em qualquer tipo de evento, são indicadas para abrir o apetite, tranquilizar os mais famintos e acalmar as expectativas dos convidados. Com exceção dos coquetéis — aqueles casamentos que têm uma recepção mais rapidinha e prática — e do formato bolo com champanhe, a festa de casamento deve oferecer opções de comida assim que os convidados chegam.

Outra coisa a levar em consideração é o tempo que o serviço de bufê leva para servir todos os convidados da festa. Geralmente, em festas com 1 garçom para cada 10 pessoas, esse processo leva cerca de 30 minutos. Assim, até os convidados se ajeitarem, ter a disposição algumas opções de entrada, é bastante recomendável.

A entrada mais usual em casamentos

É bastante usual a escolha de uma mesa de antepastos que esteja disponível para os convidados desde o início da festa. Antepasto, que significa comidas que antecedem o primeiro prato, é geralmente uma mesa que comporta, queijos, frios, legumes e pães e tem inúmeras opções, variedades e formatos. O critério de escolha da mesa de antepasto, portanto, deve seguir o estilo do casamento e o que será servido depois.

Fatores como o clima, o local do casamento, o horário e até a história do casal podem interferir na montagem da mesa.

Além de frios, queijos e pães, pode-se adicionar à mesa, variedades de legumes, caldos, cogumelos, molhos, saladas e outros tira-gostos. Tudo ‘conversando’ com o que vai ser oferecido como prato principal e, claro, com o gosto particular do casal.

Vale ressaltar que a mesa de antepasto é uma opção que pode encarecer o serviço de bufê no final das contas, já que conta com ingredientes finos e, muitas vezes, importados – como um bom prosciutto italiano. Mas, para as noivas que estão com o orçamento mais limitado, é possível recorrer a alternativas que ficam ótimas e saem mais em conta. O que conta mesmo é a criatividade para encontrar um equilíbrio entre o desejo de cada casal e o orçamento disponível.

Outras alternativas para servir de entrada

Para noivas que não querem fazer uma mesa de antepasto tradicional, há algumas opções bem interessantes e, claro, igualmente deliciosas. Confira;

Mesa ‘da terra’: as comidinhas mineiras podem ter um lugar de honra nas festas de casamento. E o melhor, podem sair bem mais em conta. Não podemos esquecer que nossos queijos, hoje são reconhecidos como os melhores do mundo. Além disso, nada como servir um pernil pururucado e carnes de porco defumadas, tudo isso acompanhado de um bom pão de queijo. Existem outras inúmeras opções para compor essa mesa que depende do gosto de cada casal.

Aperitivos e finger foods: oferecer salgadinhos e petiscos volantes também é outra opção muito usada e que todos adoram. Entre os salgados e aperitivos do Bouquet Garni que fazem mais sucesso estão a coxinha com aroma de limão, camarão empanado em massa philo, rolinho de taioba, quiche de alho poró, tortinha de bobó de camarão, por exemplo. É bom lembrar que se esta for a escolha, em nosso serviço de bufê começamos com um aperitivo substancial, bem no início das festas.

Carrinhos de comida volante: Pequenos carrinhos, desses semelhantes aos de serviço de quarto de um hotel, podem passear pelo evento e servir os convidados assim que a festa começar. Aqui no Bouquet Garni já servimos carrinhos com saladinhas, paté de campanha e seus acompanhamentos, salmão a moda gravlax com blinis e sour cream, um grande queijo parmesão cavado, ou uma perna de parma ou mesmo pernil pra ser fatiado na hora. As possibilidades para esse tipo de serviço não tem fim.

carrinho-volante-entradas-casamento (1)

Couvert na mesa: deixar pratinhos com tira-gostos nas mesas é outra forma de agradar os convidados logo de cara. Eles chegam, se assentam e já podem ir petiscando azeitonas temperadas, castanhas picantes, queijos, pães, etc. Legal, não é?

Se os noivos optarem por oferecer salgados e depois servir um jantar, é preciso calcular uma média de 15 unidades por pessoa. Para os que não querem servir jantar, o mais indicado nesse caso é oferecer pratos que garantam uma sensação de saciedade maior, como escondidinhos de bacalhau ou carne seca, bobós de camarão, mini risotos, entre outros, que podem ser servidos em pequenas e charmosas vasilhas.

O que o Bouquet Garni já fez?

Para finalizar nossas dicas, dá só uma olhada nessa mesa de brunch que fizemos para o casamento de uma dupla pra lá de especial: Juliana e Daniel!

WhatsApp Image 2017-07-20 at 13.16.38

 

WhatsApp Image 2017-07-20 at 13.16.13

Esse casamento foi às 11h00 da manhã. Assim, sugerimos ao casal a montagem de uma mesa de brunch mais completa (uma vez que a festa se estenderia até o anoitecer). Pensamos em queijos especiais de Minas, carnes e peixes curados, marinados e defumados (gravlax, ceviche, filé, lombo ), além de várias saladas, pães, patês, cremes e muita fruta. Claro que tudo isso finalizado com um almoço/jantar bem bacana.

E aí, curtiu nossas dicas sobre o que servir de entrada no casamento? Ficou alguma dúvida? Conta pra gente nos comentários!

Deixe seu comentário:

Posts Relacionados